Balanço íntimo




Cá estou tem-te-não-caias, para fazer o balanço de 2005. O balanço íntimo, das entranhas deste blog que outro não seria possível. E dada a gestualidade que tem caracterizado esta casinha, junto à direita a tradução para cadeira (outros pedidos podem ser feitos por email, embora adiante desde já que aquele em que pensais se executa colocando os dedos indicador e médio direitos, muito esticadinhos, sobre o indicador e médio esquerdos, batendo uns nos outros, em pancadinhas ritmadas; o outro, para me mandarem dar uma volta ao bilhar grande, já todos conhecem de ginjeira) .

Ora, neste ano da graça de 2005, foi este blog penetrado por gente de quase todos os continentes, excepto da África e da Austrália, o que me leva a concluir que os habitantes dessas paragens preferem surf nas ondas do mar ou a fome mal dá para farinha de milho quanto mais para estas coisas da net.

Revela-se também que este é um blog que toca essencialmente a língua portuguesa, embora tenha de confessar que a influência desta por esse mundo fora deve justificar a tradicional visita do Japão, a quem endereço o meu "arigato". Refiro ainda, embora este gráfico não o desnude, uma outra semanal visita da capital da Arábia Saudita, esperando que o exposto nesta montra seja o fruto apetecido pelas proibições impostas nesse país.

Quanto ao instrumento de entrada, aqui também se comprova a monotonia da globalização que o senhor Bill Gates conseguiu com as suas janelinhas milionárias.


Resta-me agora agradecer a todos quantos durante este ano me quiseram afagar com a sua companhia, em post's e comentários, que a história é feita de muita gente, ressalvando algum que o halobicho tenha comido na fome primaveril que lhe deu em Abril e Maio, ditos agora por ordem alfabética:
o inevitável Anonymous, Abc Dário, Action Man, Albatroz2, Alchemist, Alma ébria, Alves Fernandes(Pre para @s amig@as), Anjo élico, AnaMargens, Ana Rita, Andy, Bart Simpson, Bin-tex, Bino - Abrupto sexual,Bruno, Cap, Carlos Barros, Casepagam,Cota Marada, dale, danimartin, derFred, desobstipado, Divas & Contrabaixos, DonBadalo, , Eli, eneproblemas, garfanho, gente, Gotinha, guardador de rebanhos, Heidi, Hipatia, isabel, Isabela, ivamarle, Ivo Jeremias, jacky, JAP, joao, João Pedro da Costa, jorge, Jorge Morais, josé quintas, j.p., , Lilly Rose, locoloco, Luís Filipe Maçarico, Luís O., Luna, Lyra, Ma, mad, Madalena, Mad Thesaurus, Mariana, Marujo, matahary, mendes ferreira, Mi, Miscaro, Mr. MA, miss_caipira, nikonman, ninfanysa, Nuno Vitorino, Pachita, papoilarubra, Papo-seco, Partilhas, patologista, perola, pinto ribeiro, PN , Ricardo Garcia, Rui, sagher, Sandman, São Rosas, sharkinho, sofia, Sue, Super Tongue, susana, UrSinho, vague, Yardbird, Zu.

Finalmente, quero agradecer ao leitor(a) de Brasília, que me procurou para "limpar gravata gasolina", esperando firmemente que os conselhos de limpeza que são aqui amplamente dados, tenham em boa hora contribuído para remover a gasolina da gravata ou, pelo menos, para retirar a gravata e respirar fundo.

0 comentários: