Espermatófita


Hoje comemora-se o Dia da Árvore e mal pareceria se nada dedicasse a este assunto que é para mim tão familiar, como uma segunda pele.

Há quem diga que todos os descendentes de judeus que há mais de 500 anos se tornaram cristãos-novos manifestam os mesmos sintomas por esta altura, mas eu até gosto de me sentir acompanhada.

Por isso decidi, falar de uma espermatófita especial. As espermatófitas são plantas que geram flores e frutos, reproduzindo-se por intermédio de semente, palavrinha esta que em grego se diz "spérma".

Os possuidores de saquinhos de sementes escusam agora de conferir a sua existência porque a espermatófita de que quero falar é a Ginkgo Biloba que por cá tratamos por Nogueira do Japão.

Esta árvore de folha caduca, originária da China e do Japão e que pode atingir até 35 ou 40 metros de altura, já por cá habitava no Jurássico mas tornou-se emblemática após o bombardeamento de Hiroshima, por ter sido a primeira a germinar aí , sobrevivendo à radiação.




(montagem a partir de uma Ginkgo Biloba de Mundani e de uma imagem espermática do falecido Sensual Project)

0 comentários: