Postal da Páscoa


Anho de Deus

A dor tende ao silêncio: para quê
contar a tortura
se ela mesmo nos venda a língua
para a paz?

Assim com este cabrito: torturado
e silenciosamente
servido na paz muda deste almoço
de família.

Daniel Jonas, Os Fantasmas Inquilinos, Cotovia, 2005

0 comentários: