Postal de Moraes

Vinicius de Moraes (1913-1980), não é apenas o autor d' A Garota de Ipanema (1962) e de O Operário em Construção (1956) mas um dos fundadores da bossa nova com Chega de Saudade (1958) e por isso, um nome incontornável da música popular brasileira.

E olha que coisa mais linda quando ele faz um soneto:


Soneto da devoção

Essa mulher que se arremessa, fria
E lúbrica aos meus braços, e nos seios
Me arrebata e me beija e balbucia
Versos, votos de amor e nomes feios.

Essa mulher, flor de melancolia
Que se ri dos meus pálidos receios
A única entre todas a quem dei
Os carinhos que nunca a outra daria.

Essa mulher que a cada amor proclama
A miséria e a grandeza de quem ama
E guarda a marca dos meus dentes nela.

Essa mulher é um mundo! — uma cadela
Talvez... — mas na moldura de uma cama
Nunca mulher nenhuma foi tão bela!




(Foto © Alex Lee, Framed 2)

0 comentários: