1, 2, experiência... ou modas e bordados

(Foto © Paulo Madeira, 2006, Ressurreição)


Uma das piores formas de começar o dia é morrendo. Uma outra é tocar gaita.(1) O que é que se há-de fazer a um fodilhão compulsivo?(2) O segredo é relaxar, confiar e abusar do lubrificante.(3)

Um dia disseram-lhe que os seus sonhos eram bonitos, tanto, que houve alguém que lhe pediu um para sonhar. Com o tempo, a palavra espalhou-se e com frequência se via a sonhar e a oferecer os seus sonhos a quem lhos pedia.(4) Felizmente, a mente feminina que não se consegue alhear da hipnose colectiva é a mesma que liga o interruptor logo que percebe um pequeno gesto mais afectivo.(5)

Cliché n.º 395527101/07 «Obrigado por seres quem és».(6) Neste tipo de relação não é normal dormir junto logo das poucas vezes que isso acontece de certeza que vamos estar cheio de vontade de dar a rainha das fodas e a rainha das fodas é nem mais nem menos do que a foda matinal.(7) Um fado de te sentir sem te ter verdadeiramente, sempre a desoras, como as luzes da madrugada ou os primeiros raios de sol, que não me aquecem, enquanto brilham sobre a minha pele nua.(8)
O importante era não manter o contacto visual. Dar um último beijo com o coração de fugida. Virar as costas. Ir em frente. Nunca olhar para trás.(9)

Espectáculo é o que eu procuro sempre mas estes, então, é um ver se te desembaraças porque o que lhes interessa não é mais do que a perspectiva pessoal, a filosofia do palco, a ideia de que todo o processo de conhecimento deve constituir-se de uma parcela de não intencionalidade… e tal…(10) Querem é um par de ouvidos para despejar o que mais ninguém quer ouvir. Aqui ainda é pior do que aí. Já quase ninguém ouve ninguém.(11)


Sabia que nenhuma mulher resiste aos dotes culinários de um homem.(12) Sentados sob uma romãzeira carregada de frutos, o deus terrível falou-lhe do seu horrendo trabalho, da sua vida sem amor e sem esperança. Como poderia ser compassivo e generoso se nunca fora amado?(13) É tudo demasiado normal, eu sei, mas, salvo melhor opinião, numa casa de putas o sexo que por lá se faz é do mais normal e corriqueiro de que nos possamos lembrar. (14)

Só se sente a falta quando não se tem e apenas só quando se teve. (15) Agora, estou só nesta casa, desajeitado como todos os homens são. (16) Sobre a mesa vi toalha.(17)


(1) magicgypsy
(2) Erecteu
(3) Maria
(4) vanus
(5) Ness Xpress
(6) Costa Pinho
(7) Asdrubal Tudo Bem
(8) Hipatia
(9) Jacky
(10) Fausta Paixão
(11) José Quintas
(12) Fábula
(13) Ana
(14) garfanho
(15) jp
(16) gaivina
(17) Cap

0 comentários: