Motor de explosão

O que é o IRS senão um fio dental que provoca uma fric-São, que nos fecunda?
carvalho.carlosduarte



Acordei muito bem disposta que sonhei que estava em pleno Paleolítico, nuazinha como os demais e sorvendo bagas fresquinhas acabadas de colher nos intervalos dos momentos ternurentos em que nos catávamos uns aos outros acabando por nos escarrancharmos, sexo com sexo, com aqueles que nos cheiravam melhor.

Só que a putinha da civilização decidiu encher-nos de regras para nos distinguirmos dos bárbaros e agora os gajos têm de fazer a barba e o bigode e as gajas são brindadas com uma depilação tripla, nas pernas, nas axilas e no buço e isto, se não decidirem acrescentar ao rol a limpeza do monte de Vénus à laia de pista de esqui, contribuindo para que as empresas da especialidade sigam de vento em popa.

E ainda há quem escolha auto-infligir-se a tortura de usar o dia inteiro fio dental a inflamar o rego por constante fricção ou sapatos de salto agulha para caminhar em equilíbrio instável como uma bailarina em pontas a entortar as falanginhas e falangetas.

Muito terra a terra, o que me espanta é que se os adereços de excitação sexual são agora motor da economia, tão básicos como umas análises ao sangue ou os manuais escolares, porque raio as depilações e a lingerie não contam para abatimentos no IRS?...


(imagem gentilmente patrocinada por PerezHilton.com)

0 comentários: