Febras à minha beira



Febras de sábado à noite ... febras ...
Febras de sábado à noite ... febras ...

À porta do cine
Olhos sem durmir
Nuá nada qu’anime
Mais que cunseguir
Entradas pr’a febre
É a loucura total
Aber quem s'atrebe
A num estar ateó final

Som febras de sábado à noite ... febras ...
Febras de fim de semana ... febras ...

A raxa na coixa
A coixa bai na meia
A mamá deriba
De língua a boca cheia
Tatoo nu imbigo
Curpete a fugir
Nem sei o que digo
É a febre a subir

Febras de sábado à noite ... febras ...
Som febras de fim de semana ... febras ...

Olhar de malícia
Lábios de carmim
Som uma delícia
E quéruas só p'ra mim
Já chega do tema
As febras já terminam
Sei qu’é uma pena
Som as febras que m’animam.

Som febras de sábado à noite ... febras ...
Som febras de fim de semana ... febras ...

Trabalhadores do Comércio, 2007

0 comentários: