O Dia das Catarinas


A passear por aqui vi que hoje era a data em que Catarina foi morta a tiro.

A Eufémia, sobre quem Sophia escreveu (Dual, 1972):

O primeiro tema da reflexão grega é a justiça
E eu penso nesse instante em que ficaste exposta
Estavas grávida porém não recuaste
Porque a tua lição é esta: fazer frente

Pois não deste homem por ti
E não ficaste em casa a cozinhar intrigas
Segundo o antiquíssimo método oblíquo das mulheres
Nem usaste de manobra ou de calúnia
E não serviste apenas para chorares os mortos

Tinha chegado o tempo
Em que era preciso que alguém não recuasse
E a terra bebeu um sangue duas vezes puro

Porque eras a mulher e não somente a fêmea
Eras a inocência frontal que não recua
Antígona poisou a sua mão sobre o teu ombro no instante em que morreste
E a busca da justiça continua


E nem de propósito, faz hoje 4 anos que a Catarina mostrou na Blogspot os seus tomates, sem nada, cralhsmafodam.

E sai uma saúde à Catarina:

0 comentários: