Eclipse chupista


A cacha é do Toze Finurias: a última entrevista dada por Luiz Pacheco, anunciada em parangonas pelo seu proprietário, o semanário Sol, pode ser lida online mas na sua edição impressa, significativamente no seu suplemento Tabu, eclipsou-se parte dela com adoçantes e cortes na gíria pachecal que vergonha é não enriquecer à custa do escritor falecido.

Diriam os Gato Fedorento que "isto aqui é uma data de gatunos, uma data de ladrões, uma data de chupistas". Ou como diria o próprio Pacheco nessa entrevista, "O que eles querem é sacar espólios", "É uma golpada. Com todas as letras", "São urubus".

0 comentários: