Ainda bem que Fevereiro tem 29 dias...

...porque é justamente nesse dia que o Sérgio Godinho vai actuar no Auditório de Espinho. Para escutar com um brilhozinho nos olhos.


ADENDA: E o Paulo Vinhal ofereceu esta letra para o post

A noite passada acordei com o teu beijo
descias o Douro e eu fui esperar-te ao Tejo
vinhas numa barca que não vi passar
corri pela margem até à beira do mar
até que te vi num castelo de areia
cantavas "sou gaivota e fui sereia"
ri-me de ti "Então porque não voas?"
e então tu olhaste, depois sorriste
abriste a janela e voaste

A noite passada fui passear no mar
a viola irmã cuidou de me arrastar
chegado ao mar-alto abriu-se em dois o mundo
olhei para baixo, ias lá no fundo
faltou-me o pé, senti que me afundava
por entre as algas teu cabelo bailava
a lua cheia escureceu nas águas
e então falamos e então dissemos
"Aqui vivemos muitos anos"


A noite passada o paredão ruiu
pela fresta aberta o meu peito fugiu
estava do outro lado a tricotar janelas
vias-me em segredo ao debruçar-te nelas
cheguei-me a ti, disse baixinho "Olá"
toquei-te no ombro e a marca ficou lá
o sol inteiro caiu entre os montes
e então tu olhaste, depois sorriste
disseste "'Ainda bem que voltaste"




E no lisboeta Santiago Alquimista está Lou Rhodes, com a mesma voz doce e rugosa que usava nos Lamb.



When you look at me
I'm as shaky as a leaf
On a new tree
One look in your eyes
And you make me
Tremble

You have something rare
Ah you take me to a place
I've never known before
Oh the magic that we share
Oh it makes me makes me
Tremble, yeah

And when you hold my hand
Oh I could dust with joy
Baby understand
I never felt this way with any other boy

Darlin', pity me
Tho' there's no place on this earth
I'd rather be
Hmmm and all the world can see
How you make me make me
Tremble
How you make me make me
Tremble, yeah, yeah
How you make me make me
Tremble
Yeah yeah yeah yeah yeah yeah yeah...


Lou Rhodes, Tremble (Beloved One, 2006)

0 comentários: