O erotismo do vinil

Há umas décadas os 45 rotações de vinil serviam como o encaixe perfeito dos mamilos para provocar um erotismo musical.



Depois, em 1994, o vinil baixou a cotação erótica quando um disco de ouro permitiu a José Cid exibir-se nu com todos os pelos que a genética lhe deu e o dinheiro comprou.


Não obstante, no ano passado, a fotógrafa Katie reavivou a ideia para o seu auto-retrato embora usando LP's para ficar mais tapadinha, pouco à vontade com a sua nudez como com o seu pulso sem relógio e mostrando demorar tanto tempo a ligar os cabos que tem lá por casa como um homem qualquer.

0 comentários: