Fora de moda

[Foto © Alexandre Serra, 2006, Mário Valentino - Colecção 2006 - Céu(Modar) ]

Eu sou uma mulher moderna e até compro o Público ou o Expresso ou o Sol. Sou até bem capaz de comprar a Visão em dias que não traz dvd's. Foi aliás por estar informada que soube que se realizou aqui há dias um congresso feminista e não vejo qual a necessidade de fazer uma coisa tão fora de moda, a bem dizer do tempo das nossas avós ou, vá lá, de quando queimaram uns soutiens em Paris.

Estamos no século XXI, na Europa e é claríssimo em Portugal que as mulheres estão nas faculdades e no mercado de trabalho pelo que não vejo qual o sentido do congresso. Enfim, parece que nas fábricas que ainda existem no país as mulheres recebem menos mas isso são casos pontuais. Também sei do caso da minha Rosália, coitada, que o marido a deixou com os dois filhos nos braços e nem lhe paga a pensão decretada pelo tribunal e ninguém vai atrás dele por isso e ela é que se esfalfa a trabalhar em limpezas por tudo quanto é sítio para sustentar a família. Mas até aqui é um caso pontual de que por acaso tenho conhecimento e não quero acreditar que haja uma proliferação de situações destas pelo país. E não me venham com a velha história de haver poucas mulheres na política porque a meu ver elas só não estão lá porque não querem, porque preferem dedicar-se a coisas mais interessantes e menos chatas. É o mesmo quando me referem que elas são poucas em cargos de direcção ou a chefiar o que quer que seja quando eu bem vejo que há muitas empresárias neste país na área da decoração, do catering ou dos infantários. São elas que estão lá a gerir o seu negócio e se não estão noutros, só pode ser porque não gostam que não é por falta de capacidade.

E não me venham dizer que são o marido e os filhos que as prendem à casa porque com tanta ucraniana e romena que por aí há qualquer mulher portuguesa facilmente contrata uma e acabam-se as chatices. Não entendo que se queira estar sempre a falar do passado quando o presente é diferente.



Rui Veloso, Balada da Fiandeira (ao vivo)

0 comentários: