Repetidor de sinal


Ó colega, eu cá não sou de intrigas mas era clarinho como a água que a sua mulher ia largá-lo da mão que bem se notava que ela nem uma camisa lhe sabia passar e pelo que você dizia também não se ajeitava lá muito na cozinha tanto mais que você até fazia o jantar na maior parte das vezes. É que nós somos mais ou menos da mesma idade que até nos encontrámos todos no Colombo a comprar roupa na mesma loja e sempre estranhei que ela não gostasse de convidar os seus colegas aqui da repartição para mostrar a casa toda e o brinquinho em que a tinha que é uma coisa que qualquer mulher que se preze faz com todo o orgulho.

Está bom de ver que era mais uma invejosa que mal lhe bateu à porta um emprego em Espanha, a ganhar o dobro ou o triplo, vá se lá saber, abalou logo daqui que já se sabe que lá é que é bom e até tem a gasolina mais barata e o IVA, sim e o IVA é muito menos.

Você deu-lhe muita rédea solta, foi o que foi, que havia de ser comigo e ser eu homem que ela havia de se portar direito e tratar bem da casa para mostrar o quanto gostava de mim. Ah... e se o colega precisar de alguma coisa não se acanhe que eu arranjo um tempinho para si.


0 comentários: