e-fixe, carago!


Um cigarro electrónico sem fumo que descobri no Baforadas e que é, segundo o JPG,

«Uma boa alternativa para os voos intercontinentais, para as longuíssimas, compridíssimas, chatérrimas viagens por via férrea ou por estrada, e também para aqueles eventos públicos onde toda a gente, tão saudável que até enjoa, devora comida até à náusea, emborca bebidas alcoólicas até ao vómito e debita parvoíces até ao infinito.

Fumemos aquela porcaria, pois, os e-cigarros. E que se danem os e-nazis.»



[Foto © Rui Lebreiro, 2008, Prazeres simples #2]

0 comentários: