Harmonia conjugal

Se é um homem triste por viver no século XXI em que as mulheres já não lhe obedecem cegamente e sente que perdeu metade dos privilégios que o seu pai, o seu avô e o seu bisavô detinham, obrigado que está a partilhar as tarefas domésticas e as decisões do casal com a sua cônjuge, tudo por causa da moda da igualdade de género, ainda há uma esperança para si.

O site Conjugal Harmony tem a solução: mais de quatro mil presas com quem se pode casar e que apenas o obriga à consumação do acto, que poderá repetir as vezes que lhe aprouver, apenas devendo satisfações à escolhida quando lhe apetecer e com a enorme vantagem de os seus ciúmes estarem automaticamente excluídos pela natureza da relação.

Esta é a oportunidade de recuperar o seu orgulho marialva e macho e de confortavelmente tratar as mulheres com quem se relaciona ao mesmo nível em que coloca todos os seus haveres e o seu automóvel.

8 comentários: