Sinfonieta



Allegro
: O meu calcanhar é o pescoço que não me pode um dedo por lá roçar que logo um torpor me tremelica.

Vivace: Quando ele encosta o seu nariz ao meu pescoço e lhe retribuo fico feita azeitona pronta a ser triturada no seu lagar. Faz de mim a tua posta de bacalhau e tempera-me.

Adagio: Pareceu-me que a parede precisava de ser pintada mas os seus dedos a cravaram-se mais fundo na minha cintura anunciavam que o seu canudo estava quase a sacolejar convulsivamente.

Grave: Despedi-me pespegando-lhe um beijo tal e qual numa repartição se carimbam os documentos prontos para entrega.




[Fotos: © My Space Sensual Sedution; © Rafael Almeida Teixeira, 2007, In love music]

0 comentários: